>::

A história não é uma prisão. O esquecimento, sim

por Marco Aurélio Weissheimer

Em sua visita ao Chile esta semana, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi indagado por um jornalista chileno sobre a responsabilidade dos EUA na derrubada e assassinato do presidente Salvador Allende, em 11 de setembro de 1973. Em sua resposta, Obama disse que “é importante que não fiquemos presos pela história”. Infelizmente, para Obama e para os EUA, há aqueles que não consideram a história uma prisão. Pelo contrário, a história como narrativa que busca se aproximar da verdade, tem muito mais a ver com a liberdade do que com a ausência dela. Mas Obama obviamente sabe disso. Só não dá a importância devida. O escritor chileno Ariel Dorfman, em um artigo publicado no jornal argentino Página/12, fez uma sugestão a Obama: durante sua estada no Chile ele não precisaria pedir desculpas pelo golpe e assassinato de Allende, que os EUA apoiaram abertamente. Ninguém exigiria tanto. A sugestão de Dorfman foi a seguinte:

“E se Obama mudasse o roteiro para fazer algo sem precedentes como uma visita ao túmulo de Allende? Se ele simplesmente parasse neste lugar, ficasse de pé diante dos restos de quem foi, como ele, um presidente eleito por seu povo, e dedicasse um par de minutos solitários? Não seria imprescindível que pedisse perdão ou expressasse remorso pela intervenção dos Estados Unidos nos assuntos internos do Chile, nem por ter sustentado Pinochet durante tanto tempo. Bastaria esse gesto singelo”.

A visita, obviamente, não aconteceu.

Para quem acha que a história não é uma prisão, sempre vale a pena ver a contribuição do cineasta inglês Ken Loach ao documentário sobre o atentado contra o World Trade Center. 11 diretores de vários países foram convidados para fazer um filme sobre o acontecimento. A escolha de Ken Loach foi traçar um paralelo com um outro 11 de setembro, aquele de 1973 no Chile. Aquele que os Estados Unidos não gostam de lembrar. (O vídeo foi enviado por Maria Luiza Tonelli).

Fonte: RS Urgente

::

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s