>::

https://muitasbocasnotrombone.files.wordpress.com/2010/08/folhanorolo.jpg?w=300

E o mentirômetro da Folha, quando vai ser criado?

por Maria Frô

Hoje logo pela manha descobri por um roqueiro cinquentão que ainda acha que vive nos anos 80 e age e pensa com um gap de 30 anos (tem pessoas que envelhecem muito mal) e que usa grande parte de suas mensagens no twitter para desqualificar o PT e sua candidata, mas adora ganhar um dindim de prefeituras petistas, que a Folha criou um suposto mentirômetro.

O roqueiro que quando canta “a gente somos ‘inúteo’” revela seu auto-retrato, começa cedo sua campanha de difamação com um link pelo twitter para um suposto mentirômetro da Folha criado para medir a veracidade das falas dos candidatos à Presidência do Brasil.

Como William Bonner a família Frias não faz questão alguma de disfarçar seu partidarismo. É incrível como a Folha investe no rasteiro senso comum de que política é um lugar ‘sujo’, de ‘mentiras,’ que as pessoas devem se afastar do debate político. É o porco-jornalismo dos estereótipos, mal feito que só defende os seus próprios interesses.

Para terem idéia do desserviço ‘prestado’ por este pasquim oficial da Campanha de Serra, a “arte” criada traz um Pinóquio para ilustrar o suposto medidor de mentiras. E Dilma ganha em disparada segundo a Folha. Serra tem um ‘Não é bem assim” contra 3 de Dilma que ainda recebeu mais 3 “Aumenta, mas não inventa” (a maior pontuação no mentirômetro da Folha). Marina Silva recebe, como Serra, apenas 1 ‘Não é bem assim’.

Como a Folha analisou uma única frase do candidato Serra livrou-se de fazer menção ao fato de Serra se apropriar de ações que não foram criadas por ele e que podem facilmente ser desmentidas por Adib Jatene, Jamil Addad, Lair Guerra e todas as centrais sindicais ao afirmar que criou o FAT, o programa de combate a Aids e os Genéricos.

Enfim, a Folha, aquele pasquim que afirmou em editorial (e depois teve de se desdizer) aquele mesmo folhetim que publicou a ficha falsa do Dops como se fosse uma ficha de Dilma Rousseff e foi desmentida pela própria testemunha que usaram para acusar Dilma tem ainda alguma credibilidade? que no Brasil não houve ditadura militar,

Se fôssemos criar um mentirômetro das páginas impressas deste jornaleco, reproduzidas no portal da UOL, sobraria alguma verdade?

E para quem ainda tem estômago para as pataquadas da Folha, cujas mentiras não caberiam em um mentirômetro, aqui está a mentira de hoje.

Fonte: Blog da Maria Frô

::

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s