>::


Olha o que eu faço com os aliados… imaginem o que farei com o povão…

SERRA: CONTÉM CONTRA-INDICAÇÕES

Antes de usar é melhor consultar um especialista

Dos 17 prefeitos do PSDB em Pernambuco, apenas três continuam na campanha estadual de Jarbas Vasconcelos, um nome fortemente associado ao de José Serra na oposição a Lula e Dilma. No Rio Grande do Norte o nome de Serra não aparece nas propagandas da candidata estadual do DEMO, aliado do PSDB. No Mato Grosso do Sul, o pemedebista Pucinelli apóia a coalizão demotucana, mas esconde o nome de Serra em sua campanha estadual. No Amazonas , o tucano Artur Virgílio faz campanha ao lado do candidato estadual que apóia Dilma. No Paraná, o centurião tucano Álvaro Dias não acompanha Serra nas visitas ao Estado e seu irmão é candidato estadual pró-Dilma. No RJ, Zito, presidente local do PSDB, apóia Sergio Cabral, em vez de corpo a corpo faz corpo mole em relação a Serra , cujo palanque estadual se escora na dissolvente figura pública de Fernando Gabeira. Em MG, onde a vantagem de Dilma é de 12 pontos, superior até a de Lula sobre Alckmin em 2006, o material de campanha de Aécio Neves, candidato ao Senado, e Antonio Anastásia –ao governo estadual, omite a imagem de Serra em santinhos e adesivos. É fácil imaginar o que acontece nas candidaturas locais. No Maranhão, Jackson Lago, na oposição a Roseane Sarney que apóia Dilma, admite que carimbar o nome de Serra na sua propaganda ‘não puxa voto’, embora contemporize gentilmente, ‘também não é que tira…’ No Tocantins , pesquisa Ibope demonstra que tira: Siqueira Campos, candidato tucano ao governo estadual, tem 40% de intenções e quase empata com o atual governador Carlos Gaguim (43%), que busca a reeleição. Ao informar ao eleitor que tem o apoio de Serra, o saldo de Campos cai para 37% ; o de Gaguim sobe para 46% quando expressa sua aliança com Lula e Dilma.

(Carta Maior; 04-08)

::

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para

  1. Remindo disse:

    >Um lugar onde o governo não deveria estar metido é exatamente na área da televisão. Não tenho visto nenhuma TV governamental a prestar um bom serviço a quem realmente interessa que é o telespectador. A programação é sem graça e os debates quase sempre são dominados pela idéia do governador de plantão. Por enquanto a esquerda vive de lua de mel com a TV Brasil. Só quero ver daqui uns 20 anos quando o PT sair do poder e a direita assumir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s