>::

https://muitasbocasnotrombone.files.wordpress.com/2010/05/gazaaidflotillaattackedbyisrael2.gif?w=300

Charge de Carlos Latuff

Brasil chama embaixador de Israel e condena ataque à comboio

Reuters

SÃO PAULO (Reuters) – O governo brasileiro demonstrou nesta segunda-feira “choque e consternação” com o ataque de Israel a um comboio de navios que levava ajuda humanitária à Faixa de Gaza, e chamará o embaixador israelense no Brasil para manifestar “indignação” com o incidente.

O Ministério das Relações Exteriores afirmou que o representante de Israel será chamado e que o governo brasileiro expressará também preocupação com a cineasta brasileira Iara Lee, que estaria na frota atacada.

“Com choque e consternação, o governo brasileiro recebeu a notícia do ataque israelense a um dos barcos da flotilha que levava ajuda humanitária internacional à Faixa de Gaza”, afirmou o Itamaraty em nota.

“O Brasil condena, em termos veementes, a ação israelense, uma vez que não há justificativa para intervenção militar em comboio pacífico, de caráter estritamente humanitário”.

A chancelaria brasileira defendeu, mais uma vez, o fim do embargo imposto por Israel à Faixa de Gaza, que limita o acesso de alimentos, remédios e produtos ao território palestino.

No incidente desta manhã, ao menos 10 ativistas pró-palestinos foram mortos quando soldados israelenses atacaram um comboio de navios que levava ajuda humanitária a Gaza.

::

Israel ataca frota de ajuda humanitária e causa 9 mortes

Soldados israelenses atacaram nesta segunda-feira a Frota da Liberdade, um grupo de seis navios que transporta mais de 750 pessoas com ajuda humanitária para a Faixa de Gaza, deixando dois mortos e 30 feridos.

Os meios de imprensa turcos mostraram imagens captadas dentro do navio turco Mavi Marmara, nas quais se viam os soldados israelenses abrindo fogo.

Em Istambul, vários centenas de pessoas tentaram atacar o consulado israelense.

Fonte: Terra

::

Neste momento, uma frota de oito (algumas fontes falam em 9) navios (flotilla)com 750 pessoas de sessenta nacionalidades diferentes está tentando furar o bloqueio criminoso israelense e chegar à Gaza com ajuda humanitária para a população que vive em um verdadeiro campo de concentração Nazi-Sionista.

Várias fragatas e helicópteros israelenses cercam a frota que, por enquanto, está em águas internacionais ((cerca de 68 milhas da costa), águas que Israel reclama como zona militar, mesmo que indo contra o Direito Internacional – o que nunca importou para o país.

Todos os passageiros começaram a vestir coletes salva-vidas frente ao perigo de bombardeio israelense contra os navios cheios de civis, políticos palestinos, israelenses e ativistas de direitos humanos.

Os ativistas nos navios estão preparados para uma possível abordagem durante a noite, o que poderia causar a morte de dezenas de civis e ativistas, o que nunca importou para Israel. Uma equipe da Al Jazeera está em um dos navios fazendo uma transmissão ao vivo do que acontece em árabe e em inglês.

En esta web puede seguirse en directo desde la cubierta del ferry de bandera turca Mavi Marmara la travesía que la “flotilla de la libertad” ha emprendido con la intención de romper el bloqueo a Gaza. La señal no durará mucho, porque Israel acaba de anunciar que cortará las transmisiones conforme se acerquen a tierra.
Nueve barcos de Turquía, Grecia, Suecia Irlanda, Malasia y Argelia navegan cargados con 10.000 toneladas de ayuda humanitaria y casi 800 activistas de 60 nacionalidades en el mayor intento de burlar el cierre al que Israel somete a esa estrecha franja de territorio. Miembros del Parlamento europeo, del irlandés, del sueco, del argelino o la diputada de la Knesset israelí Haneen Zoubi viajan junto a escritores como el Hening Mankell o la premio nobel de la paz Mairead Mcguire viajan en la novena travesía del movimiento Free Gaza.

http://cdn.livestream.com/grid/LSPlayer.swf?channel=insaniyardim&autoPlay=false

Watch live streaming video from insaniyardim at livestream.com

O exército e governo de Israel vem fazendo uma campanha de relações públicas para tentar tachar os ativistas de radicais e ligados ao Hamas.

Acompanhem o mapa interativo com o percurso da frota até Gaza: Link.

Também postam sobre a frota, McShuibhne, La Rueda del Tiempo, El Picapiedra e Periodismo Humano.

No Twitter acompanhem @FreeGaza, @Hisham_G, @ismpalestine, @justicentric, @Jew4Palestine e #Flotilla

Read more: http://tsavkko.blogspot.com/2010/05/urgente-frota-de-navios-com-ajuda.html#ixzz0pTozXXwA

Fonte: Blog do Tsavkko – The Angry Brazilian

::

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s