::

Big Brother sai às ruas

por Guilherme Scalzilli

Os automóveis começarão a receber chips de computador no ano que vem. Até 2014 toda a frota do país possuirá a traquitana. A tecnologia necessária foi desenvolvida em segredo, com vistas grossas da imprensa corporativa, e está pronta. As leis já passaram.
O Poder Púbico é o maior beneficiário do dispositivo. Apanhará motoristas que não realizam inspeções, violam rodízios municipais ou deixam de pagar IPVA, multas, licenciamento. Quando administradores de índoles despóticas inventarem novas formas de lesar o contribuinte (pedágios urbanos, por exemplo), bastará aproveitar as torres de transmissão existentes.

Também as seguradoras lucrarão horrores com a possibilidade de rastrear automóveis roubados e furtados. Ou alguém acredita que o preço do seguro cairá?

Há dois problemas fundamentais nessa história. O primeiro, insanável, possui caráter doutrinário. Quanto maior a interferência do Estado sobre a individualidade, maiores o cerceamento de direitos e a violação da privacidade. O espaço público não é uma prisão de segurança máxima.
Outra conseqüência do monitoramento é incentivar uma série de novas atividades criminosas. Haverá a gangue do chip adulterado, seguradoras pagarão caixinhas para funcionários privilegiarem seus clientes (carros sem seguro serão ignorados por todos), adúlteros sofrerão chantagens, empregados serão espionados.
Pode o cidadão ser obrigado a pagar, mesmo que indiretamente, por um equipamento que não quer transportar consigo? Como reagiremos quando um governo futuro quiser implantar chips sob a pele de todos os recém-nascidos, “para sua própria segurança?

Fonte: Blog do Guilherme Scalzilli

::

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s