>

::

Nossos campos de concentração

por Guilherme Scalzilli

A imprensa paulista se solidariza com os presos de outros Estados. Parece até que só existem abusos nos sistemas carcerários do Pará, do Espírito Santo ou de outros rincões “atrasados”, que confirmam nossa superioridade civilizatória.

São Paulo possui masmorras ignóbeis, onde os funcionários de José Serra trucidam pessoas com todo tipo de violência. Crianças inclusive. E doentes terminais. E gestantes. E, claro, inocentes. São violações de direitos humanos suficientes para chocar os bons moços da ONU.

Mas alguém precisaria denunciá-las. Não o jornalismo humanista, que prefere evitar esse lodo, próximo demais para parecer tolerável. Nem o Congresso, que conseguiu neutralizar uma incômoda CPI sobre o assunto. Tampouco os juízes responsáveis, que veriam suas carreiras arruinadas pelos vigilantes da democracia.

A conivência da sociedade com esses absurdos remete aos momentos mais vergonhosos da história mundial. E não, ninguém poderá dizer que não sabia.

Fonte: Blog do Guilherme Scalzilli

::

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s